Instituto Social Fibra é responsável pela gestão da UPA de Teresópolis

A gestão da UPA – Unidade de Pronto Atendimento, de Teresópolis, Rio de Janeiro, está sob a responsabilidade do Instituto Social Fibra (O S – Organização Social), entidade privada, sem fins lucrativos, qualificada pelo poder público municipal para o exercício dessa função. As UPAs são unidades pré-hospitalares de atendimento a urgências e emergências e estão vinculadas ao SUS – Sistema Único de Saúde. Espalhadas por todo o Brasil, as UPAS foram idealizadas para funcionar ininterruptamente, 24 horas por dia. Essas unidades compõem uma rede organizada de Atenção às Urgências e estão aptas a atender casos de baixa e média complexidade. Problemas mais graves são encaminhados a hospitais especializados.

As UPAS contam com plantão permanente de clínicos gerais, pediatras, ortopedista e dentista. Ao chegar a uma unidade, o paciente é acolhido e encaminhado para uma triagem de risco, onde um enfermeiro vai realizar um procedimento chamado anamnese do paciente, que tem por objetivo avaliar a gravidade do quadro e a prioridade de atendimento, através da verificação e relato de sintomas, medição da pressão arterial e temperatura e etc.

Na sequência, o paciente é encaminhado ao atendimento apropriado (dentista ou médico) ou ainda, se necessário, a um hospital. De acordo com estudos recentes, sete em cada 10 pacientes que chegam aos hospitais não apresentam casos de urgência e poderiam ter sido atendidos ambulatorialmente. Visando a humanização do atendimento, as UPAS dispõem de sala de espera amplas e confortáveis. No caso de Teresópolis, possui ainda uma TV com programação especial, desenvolvida pelo Instituto Social Fibra, com o objetivo de entreter e informar.

As UPAS estão equipadas com consultórios de pediatria, clínica médica e odontológica, salas de nebulização e medicação, sutura, raios-X e gesso, laboratório e farmácia. Os exames laboratoriais e de raios X são realizados e entregues durante o atendimento, com rapidez e precisão. Após o atendimento, os medicamentos prescritos são dispensados ao paciente, na hora.

Na “sala amarela”, reservada a observação dos pacientes, há leitos para adultos e crianças. Na “vermelha” ficam os recursos necessários para estabilizar casos mais graves até a remoção. A unidade conta também com uma área de precaução de contato, com duas salas especiais para que pacientes com doenças infectocontagiosas, como tuberculose e meningite, possam receber os primeiros cuidados até serem transferidos para um hospital. Toda UPA tem ambulância do Samu – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – sempre de prontidão.

Na UPA de Teresópolis são realizados entre 7 a 10 mil atendimentos por mês, o que dá uma média de 14 atendimentos por hora. Para atender a toda essa demanda, a UPA de Teresópolis conta com 03 clínicos geral, 02 pediatras, 01 dentista, 04 enfermeiras, além do pessoal de apoio, num total de 188 funcionáros, que garantem a perfeita administração da unidade, inclusive minimizando o tempo de espera.

Todos os profissionais trabalham devidamente uniformizados e estão identificados por crachás. Para garantir a total segurança, as UPAS são dotadas ainda de um eficaz sistema de monitoramento, que funciona 24 horas por dia. Enfim, tudo pensado para garantir maior conforto e agilidade no atendimento médico.

Fotos

Vídeos

FIBRA INSTITUTO DE GESTÃO E SAÚDE | 2013 © Todos os direitos reservados.